terça-feira, 17 de novembro de 2009

Estética afirmativa... e três noites sem dormir

Como dói minha cabeça. Meus cabelos foram tão esticados, o couro cabeludo se rebelou, inchado, já tem pequenas erupções, sinal do quanto está machucado.
Meu pescoço está duro, teso, frente ao torturante peso extra.
e no calor de Cruz e Cachoeira, toda essa cabeleira fica amarrada.
Já olho para as meninas de trancinhas com pesar. Que estética é esta que as faz sofrer tanto?
Já estou na terceira cartela de sedativo. Continuo dormindo mal, não tem como relaxar com tantas tranças e dreads repuxando a carne. O tempo limite de minha paciência se esgota. Com uma tesoura já cortei parte do aplique.
Sexta-feira, finalizada a foto-instalação, vou reavaliar a minha vontade, mas agora eu só queria dormir sem nada preso ao cabelo.
Eu tenho hora marcada para voltar a ficar quase careca. Meu cabelo curto é muito prático e me dá a liberdade que preciso para a correria do dia a dia.

Um comentário:

Bel disse...

Ooooow...
Fiquei com peninha de você agora, amiga. Mas aguenta aí mais um pouquinho, e tira muuuuuuita foto, pra lembrar, porque pelo jeito vc não vai querer repetir tão cedo, né?

Bjooo