sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Por um ano novo cheio de velhas emoções

Ano novo e a sensação que precisamos renovar tanta coisa. É a ideologia capitalista à nossa volta, na mídia, no cotidiano. Mas sinceramente acredito que precisamos sim, retroceder, voltar ao passado e resgatar o que sentíamos quando crianças:

crer novamente nas pessoas;
crer em uma divindade que torna tudo perfeito;
crer que a vida é linda;
que os valores familiares valem a pena;
e que amar aqueles que nos amam é imprescindível.
Assim, os anos que virão serão mais leves, mais bonitos e coloridos.
E nós, consequentemente, seremos mais felizes no presente e no futuro.

Um comentário:

Isa disse...

Alene, bom dia!
As vezes é bom registrar (sobre o que realmente vale a pena), pra que não esqueçamos jamais.
Renovamos muita coisa, mas tantas outras precisam ser conservadas, como base para uma vida, como você disse, bem mais feliz.
Um abraço.