sábado, 19 de julho de 2008

Tempo demais

Hoje um tio de oitenta e nove anos, Nô e a atriz Dercy, com 101 anos, fizeram a passagem. Dizem que morrer velho é bom, porque se acumulou tudo o que a vida podia dar. Mas a minha avó, com 92 anos, diz que não é legal ficar muito velho. Ela diz que os pais, as amigas, o marido e alguns irmãos se foram, a maioria dos filhos também (ela teve 5 e hoje só um está vivo) e que as pernas já não a obedecem, os órgãos adoecem, apenas pelo tempo de uso... uma lista de remédios, limitações. Ela me disse que está cansada. Gravei com ela uma longa entrevista e fiz imagens dela, dando conta de bordados, de caminhar, cuidar do quintal...
Um dia vou editar, para virar um doc. Pré-roteiro pronto, entrevistas gravadas... Ela pedindo pra ir, lamentando ter tanto tempo, e um monte de gente dizendo que ela é maravilhosa, útil, produtiva, guerreira e que querem que ela viva ainda mais, muito mais. Quando gravei, meu pai estava vivo. Ele morreu em janeiro de 2007. O doc vai se chamar ' tempo demais'. Tá, amigo Tibico Brasil, é o extremo do seu 'Não deu tempo'.
Tempo demais tá na prateleira há três anos.

Um comentário:

Bel disse...

Eu penso como sua avó.
Não quero ficar tempo demais pra ir vendo os outros irem.
Meu tempo é agora.
Beijooo